Evolução do Tráfego Aéreo Dezembro

fev-2023

A nível europeu o ano começou com valores de tráfego por volta dos 70% do tráfego registado em 2019, tendo crescido até Abril, onde atingiu os 85% e manteve esse valor até ao fim do ano. Apesar da guerra na Ucrânia, do surgimento de novas variantes do Covid e da crise económica e financeira que vivemos, O Eurocontrol prevê que até 2025 haja uma recuperação total dos valores de tráfego de 2019 a nível europeu (2023 - 92%; 2024 - 98%; 2025 - 101%). A nível nacional, em 2022 registou-se uma recuperação quase total do tráfego, tendo o ano terminado com valores acumulados de -6.6% dos valores registados em 2019, com -7,1% na FIR de Lisboa e -4,8% na FIR de Santa Maria. Embora em termos acumulados a FIR de Lisboa tenha terminado o ano com -7,1% do tráfego de 2019, no mês de Dezembro registaram-se valores em linha com os valores de 2019, tendo registado mais 0,4% do trafego do mesmo mês de 2019. Seguindo a tendência que se registou ao longo do ano, chegamos ao fim de 2022 com valores de tráfego superiores a 2019 nas Torres de Controlo insulares, juntamente com Cascais. As Torres de Lisboa, Porto e Faro acabaram o ano com valores abaixo dos valores de 2019, mas numa tendência de recuperação. Apesar da implementação de um novo sistema ATC na FIR de Lisboa, com todos os constrangimentos inerentes a este processo, e um ano marcado pela escassez de recursos humanos, a NAV Portugal conseguiu dar resposta ao tráfego. Janeiro de 2023 começou com valores em linha com os registados no final do ano anterior e antevê-se um ano de continua recuperação e crescimento em todos os órgãos de controlo de tráfego aéreo da NAV Portugal.